20110703

CAN'T GET ENOUGH: HEY GIRL 

CAN'T GET ENOUGH:
HEY GIRL 
: "HEY GIRL "
Hey girl! you rock! Love it! :)

20110507

Caras e Citações na Faculdade de Letras

video
O evento foi marcante por termos conseguido conjugar aspectos da diversidade humana e conceptual que a exposição ilustra.
A interpretação do património intelectual de alguns mestres da faculdade, e as opiniões de alunos do curso de Estudos Africanos reflectiram-se nas intervenções do Magnifico Reitor, do Director da Faculdade, assim como da Chefe de Gabinete do Secretário Executivo da CPLP e da responsável de comunicação do IICT. De salientar ainda a presença do embaixador de Moçambique e do Duque de Bragança, embaixador de boa vontade do IICT para a Lusofonia Global . O som e as danças da Associação Espaço 6 do Bairro de Mirasintra com o Dj JAZ levaram o Presidente do IICT a exclamar, e cito, “batuque, uau!”!
Foi um momento único porque conseguimos conjugar várias formas de arte e cultura Portuguesa e Africana. Num só espaço, perante um público eclético, que sentimos ter abraçado a força da diversidade de estímulos apresentados, a instalação dos banners no átrio, o conteúdo do catálogo, os discursos e as actuações das crianças africanas.
Esse momento valeu para deixar um marco nas comemorações do centenário e ao mesmo tempo abriu as portas para o desafio da itinerância de ‘Caras e Citações’ para outras “paragens da Lusofonia Global”. Começamos pelo Centro Cultural Português em Maputo, seguindo para a Universidade de Lúrio no norte de Moçambique, terra de Macondes, etnia estudada pelo mestre antropólogo Jorge dias da Faculdade de Letras que também Investigou no IICT. Este aspecto da pesquisa leva-me agora a aprofundar o conceito de intercâmbio cultural lusófono através de uma iniciativa de envolvência comunitária a que chamarei ‘Mascaras e emoções.’ Com a Universidade de Lúrio cujo museu etnográfico detém marcaras originais Macondes. procuramos aprofundar uma amizade e um conhecimento mútuo.
Projectos culturais com artistas e pensadores africanos e portugueses permitirão fundar novas parcerias e perspectivas sobre a interacção entre máscaras e emoções. Saber continuar.
Renovo os agradecimentos á Faculdade de Letras e ao IICT por esta oportunidade de criar um projecto que se tem revelado propicio á partilha de metas comuns de desenvolvimento cultural.